Segue-nos por Email

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Caminhamos também, por um ambiente melhor!


Vamos todos juntar as rolhas de cortiça,
por um ambiente melhor!
**
Os caminhantes da Paz... têm o prazer de vos anunciar
que serão colaborantes neste projecto - "GREEN CORK"
directamente ligados e apoiados
**
Porque este ano é o Ano do Planeta Terra,
Porque a Questão Ambiental é de todos nós,
Porque assim estaremos também a cuidar
da Obra de Deus Criador!!!
**

"o programa “Green Cork”. Trata-se de um Programa pioneiro de Reciclagem de Rolhas de Cortiça no qual estas são trituradas e aproveitadas para o fabrico de outros produtos aglomerados (isolamentos, juntas de dilatação, pavimentos, revestimentos, etc.), e os proveitos económicos são convertidos no financiamento de parte do Programa “Criar Bosques, Conservar a Biodiversidade”, que utilizará exclusivamente árvores que constituem a nossa floresta autóctone, entre os quais o Sobreiro, Quercus suber.

O Programa é concebido pela QUERCUS, e desenvolvido em parceria com a CORTICEIRA AMORIM, a BIOLOGICAL e o CONTINENTE. Contando com a colaboração de todos os cidadãos, os mais de 300 milhões de rolhas que entram no mercado português anualmente poderão ser recolhidos para reciclagem através de dois circuitos distintos:

1.º- HORECA: Hotelaria, Restauração e Cafés
2.º- Doméstico: através de superfícies comerciais e escolas

A associação destes parceiros e o empenho de todos possibilitou utilizar circuitos de distribuição já existentes, obtendo um sistema de recolha sem custos adicionais.

O “Green Cork”, para além da virtude de ser o primeiro programa de reciclagem que permite financiar programas de recuperação e conservação da natureza, a optimização dos circuitos pré-existentes dos parceiros do projecto, possibilita que todas as verbas sejam destinadas à plantação de árvores. Tudo isto sem aumentar as emissões de CO2. Este programa funcionará como projecto-piloto em Portugal e será posteriormente alargado a outros países da UE.

A rolha de cortiça é o produto base que garantiu e deverá continuar a garantir a manutenção do montado de sobreiros, um dos ecossistemas mais ricos em biodiversidade do continente europeu e que se estima absorver, por ano, 4,8 milhões de toneladas de CO2, que representam cerca de 5% das nossas emissões. Como a cortiça é a própria casca da árvore, também retém CO2 e, ao ser reciclada, evitam-se emissões deste gás para a atmosfera, o que não acontece quando se decompõe ou é incinerada. No mercado português entram por ano cerca de 300 milhões de rolhas de cortiça que são responsáveis pela fixação de 3000 toneladas de CO2. A reciclagem atrasa a emissão desse carbono de volta para a atmosfera. Para além da componente ambiental, o montado é ainda exemplar em termos sociais e económicos, sendo o suporte de diferentes actividades económicas, muitas vezes em zonas deprimidas."

Fonte: Ver Aqui

1 comentário:

Bichodeconta disse...

Ideia que apoio na totalidade, presumo que vamos ter lugares onde se faça a recolha das respectivas rolhas.. Eu que sou do Alentejo , que conheço os sobreiros e amo a natureza não podia deixar de aderir a esta ideia que , prometo divulgar.. Um abraço, ell