Segue-nos por Email

segunda-feira, 16 de março de 2009

Convívio Fraterno n.º1093

Realizaram o seu convívio pela primeira vez 3 jovens do nosso grupo (Ana Tomé, Gonçalo Cristóvão e Marisa Gonçalves). Ah e também esteve presente o Nélito, na equipa coordenadora.
Deixo aqui a notícia que vai ser publicada no jornal Balada da União, escrita por um membro da equipa coordenadora (Jorge Amaral).




“Sê autêntico, sê verdadeiro... e serás Feliz!”


"Ir ao encontro do desconhecido, num fim-de-semana marcado por máscaras que colocamos por cima da máscara que usamos todos os dias, foi o desafio que 25 novos convivas aceitaram...
Sorrisos, avesso, autêntico, verdadeiro, cumplicidades... As palavras que podem sucintamente descrever o Convívio Fraterno 1093, 51º da diocese de Portalegre e Castelo Branco, que se realizou nos dias 21, 22 e 23 de Fevereiro, no Seminário dos Missionários do Preciosíssimo Sangue em Proença-a-Nova.
Chegados ao seminário, muitos eram os sorrisos, uns de alegria, outros de nervosismo por entrar num sítio desconhecido cheio de caras novas... No primeiro serão foi feito um convite a olhar o avesso de cada um, muito para lá da imagem que vemos ao espelho todos os dias e ainda mais além, das máscaras que colocamos todos os dias quando saímos à rua. Em resumo, um convite a sermos autênticos, pois só sendo autênticos podemos ser verdadeiros...
No primeiro dia, os sorrisos deram lugar a muitas dúvidas, fruto de um olhar para dentro de cada um, com todas as questões deixadas no ar pelos testemunhos desse dia. No segundo dia veio ao de cima a autenticidade e a verdade de cada um, no encontro mais íntimo com Deus. As lágrimas misturaram-se com os sorrisos depois da reconciliação com Deus. No terceiro dia, o convite à missão e à santidade foram a tónica. “Santos são pecadores que não desistem”. Um convite a uma caminhada passo a passo na fé e no amor ao próximo, tendo sempre presente o maior exemplo de Amor, Jesus Cristo.
Depois de enfrentarem o desconhecido, os 25 novos convivas saíram do seminário com novos laços de amizade e cumplicidades difíceis de quebrar e com a enorme certeza que olhando na sua/nossa pequenez, Deus fez maravilhas..."


Sem comentários: