Segue-nos por Email

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Pessoas diferentes...

Numa entrevista, quando perguntávamos aos entrevistados  qual a razão da admiração que sentiam por quem consideravam “pessoas especiais”, a resposta era quase sempre esta :

Essa pessoa é “diferente!”
E quando perguntávamos:
-”Diferente” em quê?
A resposta era quase sempre:
-”Diferente” em tudo!




De facto, as pessoas especiais, sejam elas o que forem, são “diferentes” das demais.

Elas pensam de forma diferente.
Agem de forma diferente.
Olham a vida e o mundo de maneira diferente.
Elas são mais positivas.
Acreditam em si próprias.
Conseguem ver oportunidades nas crises.
Elas participam mais.
Comprometem-se mais.
Terminam as coisas que começam.
Dão atenção aos detalhes em tudo o que fazem.
São polidas e educadas e além da “boa intenção” tem muita sensibilidade e empatia para colocar-se no lugar das outras pessoas.
Elas ouvem, mais do que falam.
Elas respeitam as opiniões alheias.
Elas sabem dizer “eu não sei” e dizem com freqüência “eu não compreendi…”.
São pessoas simples e objectivas.
Não usam vocabulário rebuscado e complexo.
Falam e agem com simplicidade e empenham-se em tudo o que fazem.

Daí a “diferença”.

A diferença positiva está mais na simplicidade do que na complexidade, mais na humildade do que na arrogância, mais no “ser” do que no “ter”.


(desconheço autor - da net)

Sem comentários: